U.O.N - Universidade 11 de Novembro

Notícias

FACULDADE DE ECONOMIA DA UNIVERSIDADE 11 DE NOVEMBRO REALIZA VIIIª EDIÇÃO DAS JORNADAS CIENTÍFICAS

A Faculdade de Economia da UON realizou no passado dia 11 de Outubro, a sua VIIIª Edição das Jornadas Científicas, sob o lema “Mudanças Económicas versos Mudanças Sociais”. O acto de abertura aconteceu no anfiteatro da Universidade, e foi presidido pelo Magnífico Reitor em Exercício, Prof. Doutor Francisco Macongo Chocolate, Vice-Reitor para a Cooperação e Extensão da UON.

No seu discurso de abertura disse que, “as jornadas científicas em qualquer instituição de Ensino Superior constituem em espaços de sensibilização da comunidade académica sobre o impacto da investigação científica. É momento de transferência dos conhecimentos sobre trabalhos de várias matérias de ensino para a sociedade. No geral, eventos do género, servem para demonstrar a comunidade académica e a sociedade, o esforço e o desempenho dos discentes e docentes na busca de soluções concretas, a par do Ensino e da Extensão Universitária, para a melhoria da condição de vida da comunidade local”

Quanto a escolha do lema, o académico realçou que o referido lema deve ser entendido como o compromisso da Faculdade para com o País e a sua determinação em inscrever-se dos esforços do Executivo para a diversificação das fontes de receitas com vista alavancar a economia. Desta feita, justifica-se cada vez mais a realização de eventos como este, pois os mesmos renovam o engajamento de prosseguir os esforços com vista ao alcance das metas traçadas pelo Executivo na sua estratégia de formar quadros e técnicos cada vez mais qualificados, operacionais, competitivos, honestos e comprometidos com o futuro do País.

O Decano em exercício da Faculdade, o Prof. Doutor Flaviano Luemba Capita, no discurso de boas vindas disse “com este lema, a Faculdade pretende aqui assumir que, as mudanças sociais pretendidas em Angola, isto é, redução dos índices de pobreza rural e urbano, das taxas de desemprego, das expressivas assimetrias na repartição dos rendimentos e de outras formas de privação de liberdades substanciais, passa, entre outras estratégias, pela operacionalização de profundas mudanças na estrutura económica do Pais”

No âmbito do ensino, o responsável relevou que, desde 2010 a Faculdade apresentou ao mercado 473 licenciados distribuídos nos três cursos existentes naquela Unidade Orgânica. A nível da pós-graduação, foram outorgados, em 2015, 20 Mestres formados em Gestão de Empresas, permitindo o arranque da segunda edição, cuja parte curricular encontra-se na fase conclusiva. Em 2016, igualmente por Decreto Ministerial, foi autorizado o arranque de outro Mestrado Académico em Administração e Desenvolvimento Local, cuja parte curricular conheceu o seu término em Janeiro do corrente ano.

Os presentes viveram três grandes momentos científicos, sendo o primeiro, da conferência inaugural, cujo título foi o do lema das jornadas. O segundo e o terceiro momentos foram preenchidos por duas mesas-redondas. A primeira teve como título, “Industrialização da Economia”, e da segunda foi “pressupostos para o fomento do empreendedorismo”, ambos contaram com quatro temas.

A sessão de encerramento ocorreu no mesmo local, e foi marcada por vários momentos, com o destaque, para além do discurso de encerramento e leitura da acta, a outorga de certificados aos prelectores e moderadores das distintas comunicações e a distinção dos melhores estudantes do ano académico 2016.

 

_____________________

Edição e Imagem: Alberto Mavinga

Supervisão e Publicação: Jeremias Guilherme

Instituto Superior de Ciências de Educação ISCED-CABINDA reabre a maratona dos fóruns departamentais

“Olhar no futuro para melhoria da nossa qualidade do ensino” é o lema que domina está segunda edição do forum reservada para o Departamento de Investigação e Ensino de Pedagogia.