U.O.N - Universidade 11 de Novembro

Notícias

Tópico do Curso de Psicologia Clínica para Exames de Acesso 2016

INDICAÇÕES SOBRE A ÁREA DE LÍNGUA PORTUGUESA

 1. ADVERTÊNCIAS

1.  A apresentação destes tópicos conteudísticos não anula a consulta de outros conteúdos constantes nos programas de Língua Portuguesa do 9º ao 12º ano, ou 13ª ano nos casos em que se aplica.

 2.      Ainda que se trate de tópicos únicos para todos os candidatos, o grau de exigência variará entre candidatos ao curso de Língua Portuguesa e candidatos a outros cursos.

 2. OBJECTIVOS DA PROVA DE ADMISSÃO

A prova pela qual se elaboram os tópicos abaixo discriminados terá os seguintes objectivos:

 a) PARA CANDIDATOS A OUTROS CURSOS:

1)      Testar a cultura geral a nível da produção literária no espaço da Comunidade dos Países de Língua Oficial Portuguesa.

2)      Verificar as competências dos candidatos em relação à realidade sociolinguística do espaço lusófono, assim como do ponto de vista do bom uso das regras do funcionamento da Língua Portuguesa.

b) PARA CANDIDATOS AO CURSO DE LÍNGUA PORTUGUESA:

1        Testar a cultura geral a nível da produção literária no espaço da Comunidade dos Países de Língua Oficial Portuguesa.

2        Verificar as competências dos candidatos em relação à realidade sociolinguística do espaço lusófono, assim como do ponto de vista do bom uso das regras do funcionamento da Língua Portuguesa.

3        Avaliar a compreensão escrita do candidato a partir da leitura crítica de textos.

4        Avaliar a qualidade da produção textual do candidato com recurso ao desenvolvimento de tópicos sugeridos ou de escolha individual.

 3. TÓPICOS A CONSIDERAR

·         Principais causas e consequências da expansão da Língua Portuguesa pelo mundo.

·         Produção literária no espaço lusófono: autores e obras lusófonos.

·         Comunicação e linguagem: especificidades da comunicação oral e escrita; vícios comuns na comunicação oral e escrita.

·         Divisão silábica, translineação, acentuação, pontuação, maiusculização, caligrafia e ortografia.

·         Classes morfológicas: por exemplo, o uso correcto do verbo e sua adequação ao contexto, em situação de comunicação; pronominalização, verbalização e nominalização; regências e implicações semânticas.

·        Relações semânticas entre as palavras: polissemia, sinonímia, antonímia, homografia, homofonia, homonímia, paronímia, hiponímia e hiperonímia; processo de enriquecimento lexical: neologismos e derivação.

·     Relações sintagmáticas entre palavras e orações: sintagmas; coordenação e subordinação; tipos e formas de frases; processos enfáticos da frase.

·    Processo de comunicação escrita: texto literário vs texto não literário; modos, géneros e subgéneros literários; literariedade.

 Bibliografia recomendada

Estrela, Edite & Pinto-Correia, J. David (2001). Guia Essencial da Língua Portuguesa para a Comunicação Social. Lisboa: Editorial Notícias (5ª edição).

Cunha, Celso & Cintra, Lindley (2002). Nova Gramática do Português Contemporâneo. Lisboa: Edições João Sá da Costa (17ª edição).

Ventura; Helena (2003). Guia de Verbos com Preposições. LIDEL.

Miguel, Maria Helena, Convergências (s/d). Manual Universitário de Português. Luanda.

Pinto, José Manuel de Castro & Lopes, Maria do Céu Vieira (2004). Gramática do Português Moderno. Lisboa: Plátano Editores (5ª edição).

Freire, António (1996). Técnicas de Expressão do Português. Braga: Edições APPACDM.

Campbell, John (1993). Técnicas de Expressão Oral. Lisboa: Editorial Presença (1ª edição).

Carvalho, J. A. B. (1999). O ensino da escrita – da teoria às práticas pedagógicas. Braga: Instituto de Educação e Psicologia. Universidade do Minho.

Teyssier, Paul (1994). História da Língua Portuguesa. Lisboa: Livraria Sá da Costa Editora (6ª edição).

Duarte, Inês (2000). Língua Portuguesa - Instrumento de Análise. Lisboa: Universidade Aberta.

Oliveira, Maria Manuel (2005). Fábrica do Texto – Guia para a produção de diferentes tipos de textos. Cascais: Arte Plural Editores.

Porto Editora (2008). Dicionário de Verbos Portugueses. Porto: Porto Editora.

Monteiro, Deolinda & PESSOA, Beatriz (1999). Guia Prático dos Verbos Portugueses. Lisboa: Lidel.

Laranjeira, Pires (1996). Literaturas Africanas de Expressão Portuguesa. Lisboa: Universidade Aberta.

 

INDICAÇÕES SOBRE A ÁREA DE BIOLOGIA

 Unidade #  1- Biologia: O estudo da vida

·         Características gerais dos seres vivos

·         Composição química do ser vivo: Substâncias orgânicas e inorgânicas

Unidade #  2 -  A célula como unidade básica da estrutura dos seres vivos

·         Tipos de células

·         Estudo da célula procariota: Estrutura e funções

·         Principais doenças provocadas por algumas bactérias

·         Importância das bactérias

·         Estudo da célula eucariota: principais componentes e suas funções

·         Metabolismo celular

·         Divisão celular: Mitose e Meiose

·         Diferença entre célula procariota e eucariota.

Unidade #  3 - Os Vírus

·         Estrutura dos vírus

            Principais doenças provocadas por vírus

Unidade #  4    Bases de Anatomia e fisiologia humana

·         Sistema digestivo

·         Sistema respiratório

·         Sistema tecmentar (pele)

·         Sistema esquelético

·         Sistema circulatório

·         Sistema reprodutor e hormônios

·         Sistema Nervoso

        Constituintes do sistema nervoso central e periférico

              Funções do sistema nervoso

              Centro controle actividades vitais

                                Célula nervosa

            Psicodependência as drogas

 Unidade #  5 - Genética

·         Ácidos nucleicos

·         Estrutura e funções do DNA e RNA

·         Código genético

·         Síntese de proteína

·         Transmissão da informação genética

·         Duplicação do DNA

·         Importância dos avanços da engenharia genética (Biotecnologia) para humanidade

 

 INDICAÇÕES SOBRE A ÁREA DE PSICOLOGIA

 CAPÍTULO I: FUNDAMENTOS EPISTEMOLÓGICOS DA PSICOLOGIA  GERAL

1.1: Breve historial da evolução da Psicologia como ciência independente

1.1.1: Etapas (momentos) da evolução da Psicologia

1. 1. 2: O surgimento da Psicologia como ciência independente (moderna)

1.2: Etimologia e objecto de estudo da Psicologia

 

CAPÍTULO II: ALGUNS FUNDAMENTOS TEÓRICO – METODOLÓGICOS DA PSICOLOGIA GERAL

2. 1: Alguns dos objectivos da Ciências Psicológicas. Expectativas e pretensões

2. 2: Principais Tarefas da Psicologia

 

CAPÍTULO III: AS CORRENTES PSICÓLOGICAS COMO ANTECELA DA CORRENTE HUMANISTA Antessala

3.1: Corrente Estruturalista

3.2: Corrente Funcionalista

3.3: Corrente Behaviorista

3.4: Corrente Psicanalista

3.5: Corrente Gestaltista

 

CAPÍTULO IV: A CORRENTE HUMANISTA

4.1: Fundamentos teóricos da Corrente Humanista

 

CAPÍTULO V: CARÁCTER MULTIDISCIPLINAR DA PSICOLOGIA

5. 1: Ramos ou disciplinas particulares da Psicologia

 

CAPÍTULO VI: O COMPORTAMENTO HUMANO

6.1: Introdução

6.1.1: Alguns dos principais mobilizadores do comportamento humano

6.1.2: A pirâmide da hierarquia de necessidades de Maslow

 

CAPÍTULO VII: MÉTODOS DE INVESTIGAÇÃO EM PSICOLOGIA    

7. 1. 1: Métodos teóricos

7. 1. 2: Métodos estatísticos

7.1. 3: Métodos empíricos

Comunicado sobre Exames de Acesso 2016

REGIÃO ACADÉMICA III

UNIVERSIDADE 11 DE NOVEMBRO

DEPARTAMENTO DE INOVAÇÃO E DESENVOLVIMENTO TECNOLÓGICO

 

COMUNICADO Nº 001/DIDT-UON/2015

C/c: Magnífico Reitor

        Vice-Reitor para Assuntos Académicos e Vida Estudantil

 Assunto: COMUNICADO

 A Universidade 11 de Novembro, informa ao público interessado que, no período de 05 à 23 de Janeiro de 2016, realizar-se-ão nas distintas unidades orgânicas sob sua dependência as inscrições para os exames de acesso dos cursos abaixo mencionados:

 PROVÍNCIA DE CABINDA

 1. Faculdade de Direito

Cursos (Regulares e Pós-laborais):

a) Direito (Opções: Jurídico – Civil; Jurídico – Económica e Jurídico – Político)

2. Faculdade de Economia

Cursos (Regulares e Pós-Laborais)

a) Contabilidade e Auditoria

b) Economia

c) Gestão de Empresa

3. Faculdade de Medicina

Curso (Regular):

a) Medicina

4. Instituto Superior de Ciências da Educação

Cursos (Regulares e Pós-laborais):

a) Ensino de Biologia

b) Ensino de História

c) Ensino de Inglês

d) Ensino de Matemática

e) Ensino de Pedagogia (Opções: Gestão e Inspecção Escolar e Ensino Primário)

f) Ensino de Português

g) Ensino de Psicologia

 5. Instituto Superior Politécnico de Cabinda

Cursos

a) Analise Clínica                    - Regular

b) Enfermagem                     - Regular

c) Engenharia Florestal          - Regular

d) Psicologia Clínica  - Regular e Pós-Laboral

PROVÍNCIA DO ZAIRE

6. Escola Superior Politécnica Zaire - Mbanza Kongo

a) Cursos (Regulares e Pós-laborais):

b) Ensino de Física                - Regular

c) Ensino de Matemática       - Regular e Pós-Laboral

d) Ensino de Psicologia         - Regular e Pós-Laboral

e) Ensino de Química           - Regular

f) Gestão de Empresas        - Regular e Pós-Laboral

7. Escola Superior Politécnica Zaire - Soyo

a) Cursos (Regulares e Pós-laborais):

b) Engenharia de Informática

c) Engenharia Mecânica

d) Ensino de Matemática

e) Ensino de Pedagogia (Opções: Gestão e Inspecção Escolar e Ensino Primário)

f) Organização e Manutenção Industrial (O. M. I)   - Regular

Para o efeito, os interessados deverão proceder a inscrição de duas formas:.

1. Forma Presencial nas Unidades Orgânicas das quais concorrem;

2. Por via electrónica acessando o site www.uon.ed.ao, menu serviços, opção inscrição/matrículas e serem portadores dos seguintes documentos no momento de se apresentarem nas respectivas Unidades Orgânicas:

Uma fotocópia de certificado do Ensino Médio acompanhada com a original autenticada pela inspecção provincial.

Uma fotocópia do B.I (actualizado) para os nacionais e para os estrangeiros, passaporte com visto válido ou cartão de estrangeiro residente emitido pelo SME.

Capa do processo individual.

Três fotografias tipo passe.

Comprovante de depósito bancário da taxa de inscrição por curso no valor de 3.000,00 Kz (Três mil Kwanzas).

OBS: Para mais informação o favor de consultar o site www.uon.ed.ao ou contactar as secretárias académicas das unidades orgânicas.

 

Universidade 11 de Novembro, Departamento de Inovação e Desenvolvimento Tecnológico, Cabinda, aos 29 Dezembro de 2015.

 

O Chefe do Departamento

________________________

Jeremias Guilherme – PhD

Magnifico Reitor da UON, proferiu palavras de felicitações, encorajamento e de responsabilidade aos funcionários durante a cessão de “Amigos Ocultos”.

Durante a cerimónia de Amigos Ocultos, ocorrida em 23 de Dezembro do presente ano, sob égide da Reitoria que contou com a presença de funcionários dos serviços centrais e de apoio da referida instituição, o Magnifico Reitor Prof. Doutor João Fernando Manuel, proferiu aos presentes palavras de felicitações, encorajamento e de responsabilidade. Recorrendo às sagradas escrituras, fez um paralelismo da histórica liderança do Moisés para com o povo Abreu e o papel dos actuais responsáveis da UON no actual momento de crise que vivemos. Em poucos minutos e com muita objectividade disse:

“ É verdade que as palavras que irei proferir aqui, não se trata de uma mensagem do fim do ano. É uma sessão restrita e simbólica na qual endereço as minhas felicitações a todos o quanto se dignaram empreender a sua sabedoria e inteligência nesta instituição.

Agradecer a Deus nosso criador por ter-nos cuidado até a presente data. Esta ocasião me leva a recordar a missão de Moisés quando partiu com o seu povo na terra de Abreu para a terra prometida. Porém, não se esqueceu prever as dificuldades que iriam encontrar durante a longa caminhada que os conduziu a Canaan.

È de agradecer em momentos como estes ter um grupo tão heterogéneo e conduzi-lo de forma sábia. Temos nesta instituição, Doutores, Mestres, Técnicos e Jardineiros. Conviver nesta heterogeneidade, requer arte, inteligência e exercício de sabedoria.

Deposito os meus votos de confiança à todos que de forma sábia contribuíram para os êxitos alcançados nesta instituição. Este grupo tão especial que desde os tempos do DR. Kianvu Tamo nas vestes de Reitor, tem vindo a trabalhar. Os bom resultados alcançados até cá, devemos manta-los, estes constituem a meta mínima para os anos que se avizinham embora prevendo dificuldades.

Em 2016, prevemos mudanças na estrutura e nas políticas de trabalho, pretendemos melhor na qualidade dos nossos serviços e consequentemente alcançar bons resultados. Mas se ao longo da trajectória as dificuldades continuarem, as conquistas já alcançadas até a presente data devem constituir os objectivos mínimos para o próximo ano. Não podemos baixar de produtividade, muito pelo contrário melhorar”.

Em suma peço trabalho e responsabilidade!

Desejo a todos os presentes muita saúde, felicidades e sucessos para o ano 2016.

Assim declaro aberto a nossa cerimónia de “Amigos Ocultos”.

_____________

Fonte: Departamento de Inovação e Desenvolvimento Tecnológico

Editado por: Jeremias Guilherme

Newsletter

Assina a nossa Newsletter para receber publicações da Universidade na sua caixa de correio electrónico

Contactos

Contacte-nos para mais informações:
  • Informação Geral: +244 231 222 935

Redes Sociais

Siga-nos nas redes sociais para acompanhar as nossas publicações
Está em... Inicio Notícias & Eventos Notícias