U.O.N - Universidade 11 de Novembro

Notícias

ISCED DA UON REALIZA IIª EDIÇAO DAS JORNADAS CIENTIFICAS ESTUDANTIS

O Insttitudo superior de ciencias de Educacao da UON realizou no dia 10 de Outubro de 2017, no anfiteatro do Liceu de Cabinda, a sua II Ediçao das jornadas cientificasestundantis, sob o lema: “Estudantes do ISCED-Cabinda e investigaçao científica: dificuldade e desafios”.

O Prof. Doutor Jose Manuel Sita Gomes, Decano do ISCED, que presidiu ao acto, no seu discurso de abertura, disse que delineou propositadamente acções que podessem contribuir numa formação que fosse além das salas de aulas. Acções como estas podem ajudar a construir um outro olhar em relação a trajectória universitária. O responsavel apelou para que a mensagem chegasse também aos demais, ressaltando que as actividades do género são importantes, benéficas, e permitem que cada um dos presentes seja um universitário e profissional bem formado. “Nós acreditamos que gota à gota e grão a grão a galinha enche o papo, é por isso que estamos engajados e juntos neste processo para que o nosso estudante acredite na formação que está a ter hoje”.

 

O momento científico foi marcado com apresentação de alguns temas como: Formas de tratamento do portuguê falado em Cabinda, apresentado pelo Osvaldo Chimbuti, finalista do curso de Língua Portuguesa, A Definição do estatuto estudantil no âmbito das ciências da educação e o problema dos obstáculos epistemológico, apresentado pelo Estévão Conde Mbambi, estudante do 4º ano do curso de Ensino da História e O Papel do estudante Universitário para o Desenvolvimento da Sociedade angolana, apresentado pelo José da Costa, estudante do 2º ano do curso de Pedagogia.

O acto de encerramento aconteceu no mesmo local, cujo discurso que deu o fecho às actividades, foi proferido pelo Prof. Doutor Humberto Constantino Muku, Vice-Decano para Área científica e Pós-graduação do ISCED. Ao tomar a palavra disse “Caríssimos colegas e excelentíssimo Vice-Reitor para Vida Estudantil da UON que nos honra com a sua presença, em 1999 fui assistente dele, me mostrou o caminhar. Quero agradecer a todos vocês pela vossa presença, porque ainda acreditamos na ciência, é por isso que vos chamo combatentes do saber, aqui é santuário do saber de consterução do conhecimento, o saber é um poder gigantesco, seguem o exemplo desses meninos que fizeram uma linda apresentação.

__________

Edição: Vita Tomás

Imagem: Alberto Mavinga

Supervisão e Publicação: Jeremias Guilherme

FACULDADE DE ECONOMIA DA UNIVERSIDADE 11 DE NOVEMBRO REALIZA VIIIª EDIÇÃO DAS JORNADAS CIENTÍFICAS

A Faculdade de Economia da UON realizou no passado dia 11 de Outubro, a sua VIIIª Edição das Jornadas Científicas, sob o lema “Mudanças Económicas versos Mudanças Sociais”. O acto de abertura aconteceu no anfiteatro da Universidade, e foi presidido pelo Magnífico Reitor em Exercício, Prof. Doutor Francisco Macongo Chocolate, Vice-Reitor para a Cooperação e Extensão da UON.

No seu discurso de abertura disse que, “as jornadas científicas em qualquer instituição de Ensino Superior constituem em espaços de sensibilização da comunidade académica sobre o impacto da investigação científica. É momento de transferência dos conhecimentos sobre trabalhos de várias matérias de ensino para a sociedade. No geral, eventos do género, servem para demonstrar a comunidade académica e a sociedade, o esforço e o desempenho dos discentes e docentes na busca de soluções concretas, a par do Ensino e da Extensão Universitária, para a melhoria da condição de vida da comunidade local”

Quanto a escolha do lema, o académico realçou que o referido lema deve ser entendido como o compromisso da Faculdade para com o País e a sua determinação em inscrever-se dos esforços do Executivo para a diversificação das fontes de receitas com vista alavancar a economia. Desta feita, justifica-se cada vez mais a realização de eventos como este, pois os mesmos renovam o engajamento de prosseguir os esforços com vista ao alcance das metas traçadas pelo Executivo na sua estratégia de formar quadros e técnicos cada vez mais qualificados, operacionais, competitivos, honestos e comprometidos com o futuro do País.

O Decano em exercício da Faculdade, o Prof. Doutor Flaviano Luemba Capita, no discurso de boas vindas disse “com este lema, a Faculdade pretende aqui assumir que, as mudanças sociais pretendidas em Angola, isto é, redução dos índices de pobreza rural e urbano, das taxas de desemprego, das expressivas assimetrias na repartição dos rendimentos e de outras formas de privação de liberdades substanciais, passa, entre outras estratégias, pela operacionalização de profundas mudanças na estrutura económica do Pais”

No âmbito do ensino, o responsável relevou que, desde 2010 a Faculdade apresentou ao mercado 473 licenciados distribuídos nos três cursos existentes naquela Unidade Orgânica. A nível da pós-graduação, foram outorgados, em 2015, 20 Mestres formados em Gestão de Empresas, permitindo o arranque da segunda edição, cuja parte curricular encontra-se na fase conclusiva. Em 2016, igualmente por Decreto Ministerial, foi autorizado o arranque de outro Mestrado Académico em Administração e Desenvolvimento Local, cuja parte curricular conheceu o seu término em Janeiro do corrente ano.